II Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal está sendo realizado no CJF*

Publicado em 14/11/2017

O Conselho da Justiça Federal (CJF) está realizando, de 13 a 14 de novembro, o II Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal, na sede do órgão, em Brasília. O objetivo é propiciar o debate sobre o andamento dos projetos estratégicos, as alternativas para as limitações orçamentárias, os desafios da gestão das demandas previdenciárias, as medidas para equalizar a distribuição da força de trabalho, a padronização na apresentação de dados estatísticos, os critérios para o módulo de produtividade e o Sistema de Mapeamento da Justiça Federal (Sismapa).

No dia 13 de novembro foram iniciadas cinco oficinas temáticas: Limitação Orçamentária e Consequências; Projetos e Metas Estratégicas; Demandas Previdenciárias; Equalização da Distribuição da Força de Trabalho; e Informações Estatísticas. As oficinas seguem hoje, 14 de novembro.

Também no segundo dia, foi realizada a abertura oficial do evento, com a presença da presidente do Conselho, ministra Laurita Vaz, e do Corregedor-Geral da Justiça Federal e Diretor do Centro de Estudos Judiciários, ministro Raul Araújo, além de outras autoridades convidadas, como o presidente do TRF2, desembargador federal André Fontes; em seguida foram apresentados os resultados da Justiça Federal de 2017, a entrega de prêmio Destaques 2017, e apresentação dos resultados das oficinas.

 

O presidente do TRF2, desembargador André Fontes (em pé), discursa na abertura do evento

 

Destaques 2017: Atendimento à demanda judicial nos JEFs

Durante o encontro, o presidente do TRF2, desembargador André Fontes, recebeu das mãos do Corregedor-Geral da Justiça Federal e Diretor do Centro de Estudos Judiciários, ministro Raul Araújo, certificado referente ao reconhecimento pelo melhor desempenho em 2017, no Atendimento à Demanda Judicial nos Juizados Especiais Federais.

 

Raul Araújo e André Fontes

 

Certificado entregue à Segunda Região

 

O encontro é voltado para presidentes e corregedores dos TRFs; coordenadores dos JEFs; diretores de Foro; diretores-gerais; assessores de Planejamento Estratégico; representantes das áreas de Orçamento e Estatística; gestores de projetos estratégicos; e integrantes da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário e Ministério Público da União (Fenajufe).

Mais informações sobre o II Encontro Executando a Estratégia da Justiça Federal podem ser obtidas no Observatório da Estratégia: http://www.cjf.jus.br/observatorio/.

*Com informações do CJF

Compartilhe