música

Publicado por Associação de Violão do Rio de Janeiro Av-Rio em Sábado, 15 de junho de 2019

Dia 15/06/2019, recebemos  Duo Iara, formado pela soprano Aline Talon e o violonista Max Riccio. Aline Talon, Natural de Minas Gerais, concluiu o Bacharelado em Canto pela Escola de Música da UFRJ, onde foi orientada por Inácio de Nonno. Integrou o grupo vocal Vocalis, participando do CD Ele Vive! (2014). Desde 2015, faz parte do Madrigal Contemporâneo , com foco no repertório brasileiro atual. Integra também o coro Brasil Ensemble UFRJ e o Coro Sinfônico do Rio de Janeiro. Foi solista no concerto “Magnificat de Mendelssohn”, para coro, orquestra e solistas, na Sala Cecília Meireles, em 2016. Participou como corista do Festival de Música Antiga – UFF, na classe do Prof. Homero Magalhães (2016) e como intérprete do Festival Conexões Musicais – UFF/Unirio em (2017). Desde 2017, é professora de canto lírico, popular e iniciação musical infantil na Academia de Música Cartaxo. Já Max Riccio Natural de Natal-RN, se formou Bacharel em Violão pela Escola de Música da UFRJ. É Mestre no programa de Mestrado Profissional da UNIRIO (PROEMUS/UNIRIO) sendo orientado por Ermelinda Paz Zanini e Nicolas de Souza Barros, ali produzindo o livro didático O Violão entrou na roda: um guia prático para principiantes, publicado pela Editora Irmãos Vitale em 2018. Participou de masterclasses com Leo Brouwer (Cuba) e Sergio Assad (Brasil/EUA), entre outros. Lançou o CD The Biedermeiers, que foi indicado como o CD da Semana pela Rádio Cultura FM e mencionado como um dos mais originais lançamentos musicais do ano de 2016 pelo jornal O Globo. Como solista, vem se apresentando regularmente em importantes séries de concertos do Rio de Janeiro e festivais internacionais e nacionais de violão pelo país. Também, tem participado de diversos programas de rádio e TV, podendo destacar gravações de obras inéditas de Quincas Laranjeiras no programa Violões em Foco da Radio MEC FM, bem como a participação na trilha sonora de novelas da Rede Globo, como O Astro (Remake 2011) e Gabriela (Remake 2012); nestes, toca alaúde árabe.

PROGRAMA

 

John Dowland (1563-1626)   Come again, sweet love doth now invite

                                                     Come, heavy sleep

 

Franz Schubert (1797-1828)   Fischermädchen 

                                                      Ständchen

 

Joaquín Rodrigo (1901-1999) En Jerez de la Frontera

                                                       De ronda

                                                       Adela

 

Isaac Albeniz (1860-1909)       Astúrias (Leyenda)

 

Leo Brouwer (1939)                    Yo he de enseñarte el camino

                                                                              

Joaquín Rodrigo (1901-1999)    Coplas del pastor enamorado

 

Ernani Braga (1888-1948)          Abôio