teatro

Martírio dos Ratos / peça
Uma das onze peças teatrais publicadas no livro Com a Faca na Alma, de Iremar Brito, escrita nos anos 70 e censurada na ditadura militar, “Martírio dos Ratos” revela uma guerra instaurada entre homens e ratos. Derrotados e subjugados, os homens passam a viver em lixeiras. O texto surgiu numa época em que a arte brasileira era dominada pela censura da ditadura. Assim, as obras teatrais, especificamente, buscavam diferentes caminhos para discutir suas ideias e fugir da proibição. Um desses caminhos foi a intensificação das metáforas como elementos fundadores do texto.
Texto: Iremar Brito
Direção e atuação: Wanderson Rosceno e Luan de Almeida

Até 04/05
Quarta e quinta
19h
Duração: 80 minutos
R$ 20 e R$ 10 (meia)
Teatro

simbolo 16