Evento da Emarf abordará a Autoridade Central Brasileira e a Convenção da Haia sobre Sequestro Internacional de Crianças

Publicado em 30/11/2009

        Para discutir o tema “Autoridade Central Brasileira e a Convenção da Haia sobre Sequestro Internacional de Crianças”, a Escola da Magistratura Regional Federal da 2ª Região (Emarf) realizará uma conferência no dia 11 de dezembro, sexta-feira, no auditório do TRF2 (rua Acre 80, 3º andar, centro do Rio), das 9h30min às 11h.
        Na ocasião, a coordenadora da Autoridade Central brasileira da Secretaria Especial de Direitos Humanos do Ministério da Justiça, Patricia Lamego de Teixeira Soares, abordará a questão. A professora da Uerj, Carmen Tiburcio, será a debatedora e a presidência da mesa ficara a cargo do desembargador federal Guilherme Calmon. O evento faz parte do curso de Justiça Federal e Direito Internacional que vem sendo promovido pela Emarf, e está credenciado na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).
        O fórum será aberto ao público, as inscrições são gratuitas e podem ser feitas pela internet: www.trf2.gov.br/emarf na parte de cursos pelo portal de inscrições. Os magistrados federais podem fazê-las pelo módulo do CAE também na internet. Aos estudantes de direito serão concedidas horas de estágio pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
        O evento, que integra o cronograma de 2009 do Curso de Aperfeiçoamento e Especialização – CAE para magistrados federais da 2ª Região, conta com o apoio do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, das Seções Judiciárias do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) e da Associação dos Juízes Federais do Rio de Janeiro e Espírito Santo (Ajuferjes).