Primeiro dia do curso “Novas Tendências no Direito Processual” é concluído no TRF2

Publicado em 20/09/2018

O Plenário do Tribunal Regional Federal – 2ª Região (TRF2) sediou na manhã da quinta-feira, 20/9, a abertura do curso “Novas Tendências no Direito Processual – Estudos em homenagem aos professores Ada Pellegrini Grinover e José Carlos Barbosa Moreira”.

A mesa foi conduzida pelo presidente do Conselho da Justiça Federal (CJF) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha. Na ocasião, ele afirmou que os homenageados deram grande contribuição à modernização do processo brasileiro: “José Carlos simplificava o processo, tornando claro tudo aquilo que queriam confundir. Ada era uma mulher de criatividade invejada, uma constitucionalista do processo”, avaliou João Otávio de Noronha.

Já para o presidente do TRF2, desembargador federal André Fontes, o curso, “de caráter inédito nesteTribunal, é um reconhecimento a toda a trajetória e contribuição dos professores Ada e José Carlos ao direito no nosso país”.

Além dos dois magistrados, a mesa foi composta pelo corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, pelo corregedor-geral da Justiça Federal e diretor do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), ministro Raul Araújo, pelo diretor da Escola da Magistratura Federal da 2ª Região (Emarf), desembargador federal Luiz Paulo da Silva Araújo Filho, pelo coordenador dos Juizados Especiais Federais da 2ª Região, desembargador federal Aluisio Gonçalves de Castro Mendes, pelo desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo e professor da Universidade de São Paulo (USP), desembargador José Roberto dos Santos Bedaque, pelo juiz federal e conselheiro do CNJ Fernando Mattos, pelo presidente do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP), Paulo Henrique dos Santos Lucon, e pelo professor Carlos Roberto Barbosa Moreira, da PUC-Rio.

Ainda, dentre as muitas autoridades, advogados e estudantes presentes, prestigiaram o evento os desembargadores federais Antonio Ivan Athié e Theophilo Antonio Miguel Filho, e os diretores das Seções Judiciárias do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, juízes federais Osair Victor de Oliveira Junior e Cristiane Conde Chmatalik.

 

A partir da esquerda: ministro Raul Araújo (STJ) , desembargador André Fontes (TRF2), ministro João Otávio de Noronha (STJ), ministro Humberto Martins (STJ), desembargador Luiz Paulo da Silva Araújo Filho (TRF2) e desembargador Aluisio Mendes (TRF2)

 

O evento, realizado pelo Centro de Estudos Judiciários (CEJ) em parceria com a Emarf e o IBDP, reúne magistrados, membros do Ministério Público, defensores públicos, advogados e servidores.

O objetivo é analisar e decidir novas questões processuais por meio de releitura do estudo dos institutos fundamentais da teoria geral do processo e valorar os institutos de direito processual civil e penal.

O encontro, que prosseguiu com palestras até o final da quinta-feira, terá sequência na sexta, 21. O primeiro palestrante será o ministro do STF Luiz Fux, que discorrerá sobre o tema “O Novo Código de Processo Civil”.