As visitas orientadas, são realizadas pelo Setor Educativo e poderão ser realizadas de modo presencial ou virtual. O programa conta a história do prédio, de sua construção até os dias atuais. Projetado pelo arquiteto Adolpho Morales de Los Rios para ser originalmente o Palácio Arquiepiscopal, o edifício – exemplar da arquitetura eclética – abrigou o Supremo Tribunal Federal de 1909 a 1960. Atualmente, é um dos poucos remanescentes da reformulação da cidade do Rio de Janeiro ocorrida no início do século XX. A visita propõe, ainda, uma reflexão sobre preservação do patrimônio histórico, cultura, justiça e sociedade.
O agendamento deve ocorrer pelo endereço educativo.ccjf@trf2.jus.br