teatro

Se não abrir o vídeo, acesse aqui.

Registro da peça que esteve em cartaz no CCJF de 05/04 a 03/05 2019

A peça relata a história de um advogado negro que viveu entre 1830 e 1882, sofrendo todas as mazelas de uma época em que a cor era sinônimo de servidão. Mesmo nascido livre, foi vendido como escravo aos 10 anos pelo próprio pai, para pagar uma dívida de jogo. Ele mudou seu destino aprendendo a ler, escrever e frequentando como ouvinte as aulas da faculdade de Direito. Como advogado, mesmo sem ter o diploma, atuou em defesa dos negros, libertando mais de 500 escravos. Vítima de exclusão histórica, Luiz Gama recebeu em 2015, após 133 anos de sua morte, o título de Advogado da OAB.

Elenco: Deo Garcez e Nivia Helen
Direção, figurino e cenografia: Ricardo Torres
Crédito das imagens: Vivian Fernandez
Registro: CCJF
Texto: Deo Garcez
Produção: MS Events – Mário Seixas e Alan de Jesus