CCJF discute questões de Direito a partir da saga Star Wars

Publicado em 31/10/2019

Na saga cinematográfica Star Wars, o Império Galáctico realizava interrogatórios usando o droide IT-O, o qual, dentre outros recursos, dispunha de um conjunto de seringas para injetar soro da verdade em prisioneiros. O método valia para o governo totalitário da ficção espacial, mas o que diz o Direito da Terra sobre esse tipo de procedimento? É juridicamente aceitável? Em que circunstâncias? Deve ser rejeitado como uma forma de tortura?

A questão ajuda a entender como o cinema pode servir para aproximar a sociedade do debate sobre temas de justiça, liberdade, igualdade e diversidade. E foi pensando nessa oportunidade que o Centro Cultural Justiça Federal (CCJF) usará a franquia iniciada há 42 anos para fazer correlações com conceitos basilares do Direito, promovendo, entre os dias 9 e 10 de novembro, do meio-dia às 21h, o encontro “Que a Justiça esteja com você – Encontro de fãs”. O evento está sendo realizado em parceria com o grupo de fãs “Conselho Jedi Rio de Janeiro”, com apoio da Escola de Entretenimento Zion (CJRJ)

O encontro contará com exibição de filmes seguida de debate; apresentação da “Orquestra Geek Rittornello de Jedi”; simulação de um julgamento baseado nos episódios Star Wars; concurso de Cosplay; quiz; exposição de colecionáveis; workshop de maquiagem artística e esgrima; palestras; bate-papos que terão como tema a relação das tramas da saga com temas do Direito; além de oficina de esgrima para crianças.

O CCJF está localizado na Rio Branco 241, Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro. A entrada do evento será gratuita e haverá distribuição de senhas, sujeita à limitação do espaço.

Confira a programação aqui.